Connect with us

Featured

Viralizados na internet, 2Jhow e Bianca se unem para lançar música sobre o empoderamento feminino.

Published

on

“Contra a força não há resistência, você sabe muito bem”
“Mulher Independente” chega nas plataformas digitais em forma de single e vídeo nesta sexta-feira, 19.
Além de ser um dos ritmos mais populares do Brasil, o funk também pode ser uma importante ferramenta de empoderamento feminino e combate ao machismo. Na contramão das letras dos anos 90/2000, que em sua maioria depreciavam e objetificavam a mulher, alguns artistas já vem usando suas músicas para denunciar o sexismo e celebrar a liberdade feminina, como em “Mulher Independente”, que chega como grande promessa de hit à partir desta sexta-feira, 19. A canção, com batida ideal para coreografias e sonoridade que passeia pelo entre o funk e o pop, será lançada em single e vídeo por 2Jhow em parceria com a cantora Bianca.
“Contra a força não há resistência, você sabe muito bem. A mulher quando é independente não quer guerra com ninguém”, é assim que os funkeiros já preveem o sucesso ainda nas primeiras linhas do refrão do single, composta por 2Jhow mesmo, com inspiração na própria Bianca e também em outras mulheres independentes da música que admira, como Ivete Sangalo, Anitta, Jojo Todynho e Ludmilla. “A letra fala sobre uma mulher que trabalha, que corre atrás, que inspira, tem seus luxos, sua própria e tudo bancado por ela mesma. Uma mulher que faz o que quer, na hora que quer, da maneira que quer. Que está sempre se reinventando e que se ama e se valoriza em primeiro lugar”, destaca o cantor.
E continua: “Não é meu local de fala, mas eu decidi escrever essa música porque infelizmente enxergo que ainda vivemos num país preconceituoso, em que a maioria dos homens não conseguem entender ainda que a mulher também pode ter a sua independência, e pode ter sim as suas coisas. Até porque a mulher não precisa de nós para nada. Então acho importante dar voz para esse movimento e usar a música como ferramenta para fazer com que mais homens vejam isso desta forma também. E para isso, usei toda a militância da Bianca como uma das principais inspirações para poder exaltar de forma correta o empoderamento feminino presente música”, completou 2Jhow, que acredita que as letras valorizando a mulher sejam a nova tendência do funk atual.
“Mulher Independente” é a grande aposta dos funkeiros que já viralizaram na internet com outros grandes sucessos, como “Talarica” e “Vem Sentando Vem”, de 2Jhow, e “Tudo no Sigilo”, que encantou a internet na voz de Bianca. O clipe ambientado numa Mansão no Joá, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, traz um clima sensual, sol, piscina, dança e muito poder. “Eu acredito muito nessa música! E tem uma pegada que vai muito de encontro ao que busco sempre para as minhas músicas. Eu sempre gosto de passar essa mensagem de empoderamento feminino nas minhas letras, para as pessoas escutarem mais sobre o assunto. E o 2Jhow soube construir isso muito bem nessa letra”, acrescentou Bianca, que ostenta com orgulho o fato de ter sido a única brasileira indicada pela Billboard na lista das 20 cantoras latinas que merecem ser descobertas.
O encontro entre os cantores faz parte de um projeto da Soull Music BR, em parceria com a De Verdade Entretenimento e a Sony Music, que apostam na canção como o próximo hit da estação.
*Sobre 2JHow:*
Cantor e compositor de Funk, MC 2Jhow possui diversos Hits como: “Tô Solteiro, né?” (Js o Mão de Ouro), “Vem Sentando”, vem e seu mais recente sucesso, “Talarica”, parceria com Rennan da Penha. O Hit, que viralizou na internet se tornou uma espécie de “melo da traição”, chegando a ser associado à situações polêmicas como a separação do ator Arthur Aguiar e a musa fitness Maíra Cardi e até a confusão envolvendo Anitta e Ludmilla. Nem mesmo os personagens da TV fugiram dos memes que vêm circulando na internet usando a música como trilha sonora. Só no TikTok, já são cerca de meio milhões de challenges da canção. Número que se repete no clipe oficial, que em menos de uma semana do seu lançamento já soma quase 500 mil visualizações.
A gravação, lançada pelo selo da Soull Music BR, e produzida pelo KondiZilla, atende a um pedido muito especial dos fãs do cantor, e toda a repercussão que a música vem tendo nas redes sociais, chegando a 15 milhões de visualizações no Lyric vídeo do YouTube.
Nascido e criado na Zona Oeste do Rio de Janeiro, Johnatan Inácio da Silva, como foi batizado, sempre teve a música como um sonho e hoje ostenta com orgulho seus números que já somam mais dois milhões e oitocentos ouvintes mensais no spotify. Começou cantando nas igrejas e chegou a ouvir de algumas pessoas que não ia realizar seu sonho de ser MC. E apesar de ter o funk como seus estilo musical predominante, se considera um artista bastante eclético, com inspirações que vão desde o Hip-Hop à MPB, e ídolos como Chris Brown, Usher, Michael Jackson e Charlie Brown Jr. Todo esse ecletismo já poderá ser conferido de perto por seus fãs no início de setembro, quando reinventará o sucesso “Talarica”, lançando sua versão em pagode, numa parceria inédita com o grupo Bom Gosto.
Com letras sempre polêmicas e atuais, suas músicas são assinadas por ele mesmo, que busca inspiração através de experiências vividas por ele mesmo, ou pessoas ao seu redor. Como em “Talarica”, que conta a história real sua própria mãe, que aliás, o ajudou também na composição. Situações com o preconceito por ser pobre e negro, também estão presentes em suas canções, mostrando sempre um pouco de tudo o que 2Jhow passou até ganhar visibilidade no meio musical. Lutas, que segundo o artista, o inspiraram também a seguir em frente e alimentar ainda mais o sonho de conquistar uma estabilidade financeira vivendo da música e conseguir ajudar a sua família.
O cantor também é a voz por traz do sucesso “Vem sentando vem”, que que já soma quase 100 milhões de challenges no Tiktok, entre outros milhares de acessos nas demais plataformas. Bem cotada também na playlist de Neymar, o sucesso conquistou também outros famosos como Carol Nakamura, Rafa Kalimann, Gabi Martins, Flay, David Brazil, Matheus Mazzafera, Bianca (do sucesso Tudo no Sigilo), Mariano, Jake e Anitta, que além de mostrar que está em dia com a coreografia, também confessou para seus fãs que essa é a música que não sai do seu fone de ouvido. Além de ter sido trilha sonora para o casamento de MC Mirella.
*Sobre Bianca*
Uma das principais revelações do Funk carioca, Bianca despontou no cenário nacional com o sucesso viral “Tudo no Sigilo”, lançado em fevereiro do ano passado. A canção, em parceria com Vytinho NG, já ocupou as mais altas posições das plataformas de streaming, ficando 9 meses no Top 200 do Spotify Brasil e no Top 200 do Spotify Portugal. “Tudo no Sigilo” também entrou no Top Viral do Brasil, de Portugal e da Suíça, no Spotify, além de ter sido uma das músicas mais tocadas em 2020 no YouTube Brasil nos segmentos “Geral”, “Funk” e “Pop”. Hoje, a canção soma incríveis 93 milhões de streams no Spotify e 77 milhões de visualizações no clipe oficial. A faixa viralizou no TikTok, tornando-se um dos grandes destaques de 2020 na plataforma, onde a tag #tudonosigilochallenge ultrapassou 215 milhões de visualizações.
Em junho do último ano, Bianca assinou com a Sony Music e, de lá pra cá, teve quatro lançamentos, com direito a canções inéditas, como “Cara-Metade”, “Bem na Sua Direção”, em parceria com o DJ Zullu, e “Eles que Lutem”. Além de uma colaboração internacional com a cantora argentina Emilia, na faixa “Já É Tarde (No Más)”.
No final do ano, a grata surpresa: foi a única brasileira na lista da revista Billboard que elegeu as artistas latinas para descobrir em 2020, ao lado de nomes do México, Argentina, Colômbia, entre outros países latinos.
O caminho até a primeira canção de sucesso não foi fácil. Natural de Campos dos Goytacazes, no noroeste fluminense, Bianca descobriu seu talento para a música ainda muito nova. Começou como bailarina, mas sabia que seria com sua voz que se tornaria conhecida em todo o Brasil. Munida de coragem, saiu de sua cidade natal rumo ao Rio de Janeiro com apenas 200 reais no bolso. No percurso, passou por momentos difíceis, como dormir de favor e não ter o que comer. Mas, com muita persistência, sua história felizmente mudou e, agora, Bianca trilha novos e promissores caminhos de uma história que certamente deixou os piores momentos para trás.
Crédito AF Assessoria & Produções / Divulgação

Continue Reading
Advertisement 728x90 - Americanas
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright © 2020 MusicPress